caderno galego-brasileiro
Inicio > Historias > Manifesto
> Manifesto <

Chamamento dos galegos aos povos da Europa:construamos em bruxelas o oceano da dignidade (e da diversidade)

(Manifesto lido hoje, dia 5 de junho, em várias cidades europeias)

Galiza, autêntica Finisterrae da Europa, é a costa do mundo mais golpeada pelas marés negras.

Os seus moradores suportamos a ameaça do tráfego constante de petroleiros obsoletos que navegam fugindo aos controlos e às inspecções. Ao mesmo tempo, sofremos a desprotecção da administração espanhola que, apesar de todos os graves acidentes, nunca chegou a preparar um verdadeiro plano de salvamento.

Após as terríveis experiências do Polycommander, do Urquiola, do Casón, do Aegean Sea... chegou o Prestige para pôr em cena literalmente “a morte do mar”. Um único navio que foi capaz de emporcalhar as costas de Portugal a França e que deitou todo o seu poder de destruição contra uma das últimas
praias virgens do Ocidente: a Costa da Morte.

Perante esta hecatombe anunciada a sociedade galega disse “Nunca Mais!”,
e mobilizou-se de uma forma extraordinária.

Vários meses volvidos o problema continua sem solução: o navio permanece afundado, a derramar
fuel-óleo. As costas e nomeadamente os fundos da plataforma continental
continuam totalmente poluídos.

E nenhum representante da administração assumiu a sua responsabilidade pela tragédia.

Portanto, é fundamental que também em Bruxelas se oiça o grito dos habitantes do fim do mundo: “Nunca Mais!”.

Em muitos cantos da Europa lateja a mesma ameaça. Nas nossas
mobilizações temos recebido o apoio solidário de pessoas de outros locais golpeados pelas marés negras: desde a Plataforma do Erika, na Bretanha, até aos cidadãos de Ancona, na Itália.

Sabemos que o único antídoto contra o poder omnímodo do petróleo está nas próprias pessoas, na união dos povos de toda a costa da Europa que, por enquanto, sofremos, sozinhos, a desgraça da poluição dos hidrocarburos. A luta contra o fuel-óleo não termina na limpeza de uma rochas e dos fundos
marinhos.

A hecatombe do Prestige torna evidente o fracasso definitivo de um sistema em que o petróleo interessa mais do que os individuos, do que os povos e os estados, do que o próprio cosmos.

Cabe a nós, galegos, como grandes protagonistas na tragédia, pôr em
causa esta ordem de coisas, e converter-nos ainda em embaixadores da
dignidade do oceano. É por isso que, da Finisterrae, lançamos este grito. Queremos que esta mensagem chegue a todos os lugares. Queremos impulsionar uma grande maré. Queremos que cada pessoa, cada cultura seja uma gota de vida. E queremos, no dia 14 de Junho, alagar Bruxelas para construirmos juntos o grande oceano da diversidade.

Esta é a aliança do mar, e eis-nos a nós, gentes do litoral, aqui, para inventar o futuro: Nunca Mais!

(Está a subir a maré, a da dignidade; tu não fiques varado em seco.)


2003-06-06, 06:49 | 1 comentarios

Referencias (TrackBacks)

URL de trackback de esta historia http://omar.blogalia.com//trackbacks/8697

Comentarios

1
De: çççlkm ngedbdhdbdfn. Fecha: 2008-12-22 19:16

desv gbvdudjidç.ççd,kllçc,docjtwhdeip887647wjkjudygdgeyndpwhhhjlç~ddyysdjwjwusejds.ldloskjdlddoikdiskslsslwkjsydbhdydhdtydyndggdsgshhdstgyyshuhsdjhcuxhucydhbduydhsduysysyhhuuduysduhhydhbdjudhdjjdjdjdjdjdh0d087877xuuhdhdnbhdu098755468isheiikdieuduiididiuiddkicjckckcikjdx,lkdkdkdkddkkcmckkckckkyehydududjidjdjdididiodoididididoididid7h7kdodkododododl8wjsikldjdjdjjkjdifkifkldikkfkdkkkdkdkolkflclollcolokfof,rldlolfiifklooofpflpflflflofokolflkflflflfllflj8rjuu.



Nombre
Correo-e
URL
Dirección IP: 54.81.110.114 (8160cfc269)
Comentario


Coisas velhas
<Octubre 2017
Lu Ma Mi Ju Vi Sa Do
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
29 30 31        

Prestige: exigimos responsabilidades

Dias estranhos

Una cuestión personal

Carta Aberta

Montanha Mágica

miniscente

Galiza Canibal

Blogaliza

O Cu do Mundo

Vieiros

Biblioteca Virtual GAlega

Documentos

Categorías

Blogalia

Blogalia

© Omar